Conheça comportamentos das lideranças que impedem o desempenho máximo da equipe

Os líderes são profissionais incansáveis com foco em melhorar sua equipe, usando todos os encontros como oportunidade para avaliar, treinar e reforçar a visão de grupo e os objetivos a alcançar. No entanto, o fato é que há cada vez mais líderes perturbados com a falta de desempenho de suas equipes e, embora façam o gerenciamento constante das pessoas e suas atividades, eles não conseguem identificar a causa para a ausência de performance.

Pensando nisso, reunimos comportamentos do líder que podem estar impedindo o desempenho máximo da equipe. A ideia é propor uma reflexão sobre a importância de uma liderança ao mesmo tempo eficiente e inspiradora.


1) Não ter uma abordagem humanizada

Um dos fatores mais importantes de uma boa liderança é saber trabalhar com a sua equipe de forma humanizada. Por isso, é essencial ter escuta ativa, procurar praticar a empatia e compreender que colaboradores são mais do que apenas peças de uma estratégia.

Ao falarmos de liderança, o foco sempre é nas pessoas. E, em momentos de incerteza, como o que estamos vivendo atualmente, tal ponto ganha ainda mais importância. Cada colaborador da equipe possui sua própria história, suas dificuldades, ambições e vontades. A equipe não é um elemento homogêneo e, por isso, não deve ser tratada assim.

É preciso humanizar conversas, relações e processos. É importante que o gestor entenda que cada colaborador é um ser humano, com suas próprias emoções. Não adotar uma abordagem humanizada faz com que os membros da equipe se sintam desvalorizados, sentimento que afeta diretamente a relação entre líderes e liderados e, como consequência, a performance da equipe e os resultados da empresa.


2) Considerar a própria opinião como verdade absoluta

Já dizia o velho ditado: com grandes poderes, vêm grandes responsabilidades. Portanto, ao assumir um cargo de liderança, o profissional precisa ter consciência de que passa a estar em uma posição na qual ele precisa tomar decisões importantes e estratégicas para a companhia, bem como deve orientar seus liderados para os melhores caminhos a seguir.

Além disso, entende-se que em uma equipe diversa, cada colaborador possui sua própria experiência e, consequentemente, seus conhecimentos específicos que, juntos, podem colaborar para a empresa atingir seus objetivos mais rápido. Nesse contexto, o papel do líder é dar abertura para que sua equipe faça sugestões sem que exista o medo de dividir uma opinião diferente, bem como exista a cultura de feedbacks construtivos entre si, buscando alcançar os melhores resultados para a equipe e a empresa.


3) Não priorizar uma comunicação eficaz

Uma equipe bem alinhada trabalha melhor e com mais eficiência, isso é fato! No entanto, esse alinhamento só é possível por meio de uma comunicação clara entre toda a equipe.

Contudo, é bastante comum encontrar líderes que preferem guardar informações importantes da empresa para si em vez de compartilhar com seus liderados. Isso acontece porque, muitas vezes, os mesmo podem achar que isso é a melhor opção para a equipe - algo que geralmente acontece em momentos de crise ou quando a organização enfrenta algum problema.

Esse tipo de atitude, em vez de proteger os colaboradores, causa insegurança e desconfiança nos profissionais. A Confiança é a base de qualquer relação, e isso inclui a vida profissional. Para estimular os membros do time a confiarem uns nos outros e trabalharem em harmonia, é preciso que o líder entenda a importância de ser transparente e saber se comunicar com os seus liderados.

Além disso, a comunicação acaba avançando em outro patamar de relevância quando se trata do trabalho remoto. Com o distanciamento físico, torna-se fundamental criar um canal de comunicação aberto e constante com a equipe, garantindo que as informações estejam fluindo com clareza.


Sabendo desses comportamentos que prejudicam o desempenho da equipe, é importante que os líderes olhem para a sua realidade, entendam se são atitudes presentes no seu dia a dia e evitem que elas se repitam.  Um bom líder deve estar sempre se aperfeiçoando no exercício de sua liderança. Por isso, se você exerce um cargo de gestão e quer saber como se tornar um líder ainda melhor, CLIQUE AQUI para conhecer o MBA em Liderança e Gestão Estratégica de Pessoas. Ele foi desenhado para atender à demanda do mercado por um curso de especialização que contemple, simultaneamente, uma sólida formação em gestão de pessoas e o desenvolvimento de soft skills.

Por meio dele, o participante estará apto a ocupar posições de liderança e contribuir para o desempenho organizacional, desenhando e implementando políticas e práticas de gestão de pessoas alinhadas aos objetivos estratégicos da organização.


Contato

Porto Alegre


  • Av. Praia de Belas, nº 1212, Torre Norte, 7º andar, sala 704
  • (51) 3230-4400
  • (51) 99110-6820
  • Segunda a Sexta, das 8h30 às 18h

Novo Hamburgo


  • Rua Araxá, 750 - Bairro Ideal
  • (51) 3065-6437
  • (51) 99997-6687
  • Segunda a sexta, das 8h30 às 18h

Florianópolis


  • Rodovia SC 401, 4100 - Km4
  • (51) 3230-4400
  • (48) 98870-3902
  • Segunda a sexta, das 9h às 18h

Tour Virtual - Unidade Porto Alegre


Inicie o Tour Virtual

Clique para Ligar
Fale por WhatsApp

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies. e a nossa Política de Privacidade.