Os talentos realmente se encaixam em todos os cargos?

Nas empresas há diferentes colaboradores, com soft e hard skills variadas entre si: alguns se comunicam melhor, enquanto outros mantêm a concentração por períodos de tempos maiores, por exemplo. No entanto, há um perfil que se destaca e chama a atenção: é o colaborador "talento".

Esse profissional possui alto potencial e geralmente têm três características claras. A primeira é o "learning agility", que pode ser traduzida como a velocidade de aprendizado. É uma habilidade que envolve um conjunto de comportamentos e competências que tornam esse profissional mais propenso a aprender suas demandas rapidamente. 

Em seguida, temos as habilidades sociais. Ou seja, esse profissional sabe trabalhar em equipe e tem boa capacidade em se relacionar com outras pessoas. Por último, temos a motivação, que pode ser considerada um impulso motivacional para realizar ações. Ela é uma via de mão dupla que depende do funcionário e da empresa, pois, ao mesmo tempo que, esse colaborador não fica parado diante das adversidades, é papel das organizações criar um cenário motivador. 


Mas o colaborador “talento” se encaixa em todos os cargos?

Em uma equipe, é necessário ter diversidade. É preciso ter perfis mais criativos e operacionais para o bom funcionamento e desempenho de maneira geral de uma empresa. Sendo assim, o colaborador “talento” tende a ocupar cargos mais criativos e pode se sentir desmotivado em atividades mais repetitivas.

Dessa forma, é importante que as empresas saibam manter todos os colaboradores em uma zona de "flow". Ou seja, uma zona intermediária entre a ansiedade e o tédio. Com isso, o crescimento de habilidades e desafios é equilibrado, garantindo o desenvolvimento contínuo dos colaboradores, sem deixá-las caírem na mesmice ou ficarem ansiosas. 


Como as empresas podem estimular a melhor performance de seus colaboradores?

O ideal é que as funções mais críticas e estratégicas sejam mapeadas, garantido a existência de colaboradores “talento” nessas posições. Assim como, também é importante mapear os atuais colaboradores 'talento' existentes na empresa, para traçar planos de ação proativos. 

Caso um colaborador tenha potencial, mas não esteja performando bem, poderá surgir um problema com a liderança, demandas ou equipe. Dessa forma, os dados irão ajudar a entender onde mais esse profissional poderá exercer esse potencial.

Além disso, confira mais dicas para melhorar o desempenho da equipe:

  • Aposte na cultura do feedback

Os feedbacks têm como objetivo informar aos colaboradores como eles estão se saindo e, ao mesmo tempo, os ajudar a melhorar comportamentos e desenvolver bons resultados. Para isso, é essencial fornecer pareceres que sejam construtivos e que elevem a produtividade.

O feedback deve ser frequente, respeitoso e não ter como objetivo uma lição de moral ou bronca. É importante que o gestor reconheça as conquistas e os aprendizados de todos. 

Vale destacar que os feedbacks negativos que sejam relacionados a um profissional em específico sempre devem ser feitos de forma privada. Isso evita qualquer tipo de constrangimento ou situação de desconforto para o colaborador.

Outro ponto interessante é que o gestor também deve estar aberto para receber feedbacks da equipe, pois essa prática demonstra que a opinião deles também é importante. Além disso, as críticas são vistas como uma forma de construir e melhorar o relacionamento entre todos, independente do nível hierárquico ocupado.

  • Deixe claro quais são as metas da empresa

Outra dica importante para melhorar o desempenho da equipe e garantir bons resultados é compartilhar as metas e os objetivos da empresa. Ao saber onde a organização deseja chegar, os colaboradores conseguem assimilar de forma mais fácil as informações e os motivos para realizar o trabalho.

Além disso, as metas precisam ser desafiadoras, superáveis e viáveis. É fundamental que o gestor incentive a equipe a encarar as dificuldades que surgirem no caminho e a superar os desafios. Para que isso ocorra da melhor forma possível, é importante investir em um bom planejamento. 

  • Crie programas de incentivo

O bom desempenho dos colaboradores está ligado diretamente ao potencial da empresa. E, para promover mudanças é preciso motivar e inspirar os funcionários. Ou seja, reconhecer e recompensar a equipe sempre que um trabalho é bem executado é fundamental. 

É papel das lideranças estimular os profissionais por meio de um programa de incentivo. É possível, por exemplo, proporcionar benefícios como comissões por metas alcançadas - lembrando que a gratificação não precisa ser financeira.

  • Seja um bom exemplo para os seus colaboradores

Se um gestor ou líder espera que os colaboradores tenham atitudes proativas,  contribuam para a empresa, invistam na formação e participem de forma ativa das atividades, é imprescindível que estes comportamentos comecem pelas próprias lideranças. Um líder deve ser uma figura exemplar. 

As equipes que têm o apoio de um bom gestor, se espelham no exemplo e nas realizações, usando a figura do gestor como referência para a execução das próprias tarefas. Dessa forma, ser um bom exemplo é fundamental para alcançar bons resultados e visualizar uma mudança de comportamento na equipe.


Gostou do conteúdo? Quer fazer um MBA e ser um profissional de destaque nas empresas? Então, CLIQUE AQUI e conheça nossos cursos!


Contato

Porto Alegre


  • Av. Praia de Belas, nº 1212, Torre Norte, 7º andar, sala 704
  • (51) 3230-4400
  • (51) 99110-6820
  • Segunda a Sexta, das 8h30 às 18h

Novo Hamburgo


  • Rua Araxá, 750 - Bairro Ideal
  • (51) 3065-6437
  • (51) 99997-6687
  • Segunda a sexta, das 8h30 às 18h

Florianópolis


  • Rodovia SC 401, 4100 - Km4
  • (51) 3230-4400
  • (48) 98870-3902
  • Segunda a sexta, das 9h às 18h

Tour Virtual - Unidade Porto Alegre

Clique para Ligar
Fale por WhatsApp

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies. e a nossa Política de Privacidade.