Marcas no Discord: um ótimo lugar para construir comunidades de marca

Marketing e Vendas

De acordo com uma pesquisa da Associação de Marketing Promocional (Ampro), nos últimos 3 anos as empresas investiram mais de R$45 bilhões em ações para se aproximarem cada vez mais próximas dos clientes. 

O motivo é a percepção de que as marcas se distanciaram dos clientes, quando decidiram focar seus esforços em somente vender produtos, esquecendo de desenvolver um relacionamento com seu público-alvo.

Para se aproximar dos clientes, as empresas têm investido na construção de comunidades como um canal direto de relacionamento. Entre os exemplos de canais atuais de plataforma digital está o Discord. Você já ouviu falar dele? 


Mas, afinal o que é o Discord? 

O Discord é uma ferramenta de voz sobre IP, com canais de áudio e texto. Ele foi lançado em 2015 e possui versões para, praticamente, todas as plataformas, seja app ou web. 

A plataforma surgiu com seu público-alvo principal sendo a comunidade gamer, e tendo como objetivo facilitar a comunicação entre os jogadores ao criarem servidores onde podem conversar.

Atualmente, o branding do Discord trabalha em qualquer comunidade, seja ela gamer ou não. Eles, inclusive, fizeram parceria com o GitHub, focando no pessoal de T.I.

O Discord é orientado a servidores, e esses são locais separados. Então, é possível a organização da própria comunidade, de acordo com os assuntos de interesse. Também é possível ter canais de voz e texto, além de algumas ferramentas de moderação que tornam possível elencar quem faz o que dentro do servidor.


E comunidade de marca, o que é?

Uma comunidade de marca pode ser compreendida como um agrupamento voluntário de pessoas que desenvolvem relações com um produto ou serviço oferecido por determinada marca.

Normalmente, os membros dessas comunidades de marca são identificados como “Brand Lovers”. Ou seja, eles são clientes apaixonados pelo que a empresa representa. O que une essas pessoas é o sentimento de paixão pela marca.

Sendo assim, quando o cliente desenvolve essa relação afetiva com a marca é criada uma identificação e se estabelece um relacionamento que não é mais apenas comercial.

A partir disso, uma comunidade é o canal para intensificar esse relacionamento direto com os clientes. Ele permite que pessoas e marcas fiquem mais próximos.


Como os profissionais de Marketing podem usar o Discord para criar uma estratégia de comunidade de marca?

O Discord deve ser visto como um canal para conversar com a comunidade da marca, receber feedbacks instantâneos e ter uma conversa literalmente bidirecional com usuários interessados. 

Então, é importante lembrar que a marca não deve ser o destaque neste espaço, mas sim o relacionamento que ela constrói e como fazer com que os usuários se sintam parte real do que está sendo criado. 

Ou seja, é importante não ficar apenas esperando que a criação esteja pronta para dar o seu like (ou dislike, em alguns casos). O foco é a interação. 

Se uma marca está buscando criar uma comunidade engajada e estabelecer um canal de comunicação direto com clientes e fãs, o Discord é imprescindível para o desenvolvimento desta estratégia.


3 exemplos de marcas que apostaram no Discord!

Com todos os recursos, servindo para reunir uma comunidade fiel e engajada, era apenas uma questão de tempo até que o Discord alcançasse objetivos maiores, especialmente nos relacionados aos planos de Marketing de grandes marcas.

  • Samsung e sua estratégia no metaverso

Durante a NFT.NYC, a Samsung apresentou sua expansão nas formas de interação com os fãs na Web3, por meio de experiências digitais e itens de vestuário virtuais, como NFTs da marca. 

De acordo com o Digiday, em apenas 12 horas após a estreia do servidor da empresa, ele alcançou mais de 100.000 novos membros. Aliás, ele consiste basicamente em duas salas separadas para públicos-chave: jogadores e fãs da Web3 interessados ​​em tópicos relacionados a NFT ou metaverso.

  • O Gucci Vault

A Gucci também criou um servidor próprio como parte de uma estratégia NFT. A marca de luxo compartilhou um convite para o servidor Discord via Twitter, e, como estamos falando de uma marca exclusiva, foram criadas experiências exclusivas para a comunidade. 

Os primeiros 20.000 membros ganharam funções especiais e a capacidade de acessar canais focados em NFT. O resultado: em dois dias, a ação tinha mais de 28.000 membros. 

Em virtude do grande sucesso, a Kering, controladora da Gucci, abriu uma vaga para um profissional gerenciar seu servidor e sua presença no Discord.

  • Festa pós Comic-Con da Jack in the Box

No último ano, a Comic-Con teve sua segunda edição virtual em virtude ao COVID-19. Isso fez com que as marcas se envolvessem com seu público pelos canais adequados. 

A cadeia de fast-food de San Diego (EUA), Jack in the Box, escolheu o Discord para fazer isso. Com seu servidor “Jack’s Late Night Discord”, a marca teve 7.664 usuários interagindo em um fim de semana, com mais de 27.000 mensagens.

A estratégia do Jack in the Box incluiu ainda um show virtual com uma banda temática de super-heróis, The Aquabats, e a criação de canais interativos dedicados às figuras da Funko Pop, ao Universo Cinematográfico Marvel e ao Universo DC.


Gostou do conteúdo? Está buscando desenvolver seu conhecimento relacionado à Marketing? CLIQUE AQUI para conhecer o MBA Executivo: Gestão com Ênfase em Marketing e Mídias Digitais. 

O MBA é estruturado com temas gerais de Gestão Empresarial e específicos de marketing e mídias digitais, proporcionando ao aluno um conhecimento multidisciplinar.


Contato

Porto Alegre


  • Av. Praia de Belas, nº 1212, Torre Norte, 7º andar, sala 704
  • (51) 3230-4400
  • (51) 99110-6820
  • Segunda a Sexta, das 8h30 às 18h

Novo Hamburgo


  • Rua Araxá, 750 - Bairro Ideal
  • (51) 3230-4400
  • (51) 99110-6820
  • Segunda a sexta, das 8h30 às 18h

Florianópolis


  • Rodovia SC 401, 4100 - Km4
  • (51) 3230-4400
  • (48) 98870-3902
  • Segunda a sexta, das 9h às 18h

Tour Virtual - Unidade Porto Alegre

Clique para Ligar
Fale por WhatsApp

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies. e a nossa Política de Privacidade.